Bewitched - Robert Fripp and Andy Summers

Published on by Wandique

Considero este disco algo mais elaborado que o anterior da efêmera dupla, o album "I advance masked". Me parece que são duas propostas distintas e que este "Bewitched" tende mais para o "prog new wave" (?). Este é um album instrumental de dois guitarristas vindos de grupos completamente distintos (Police e King Crimson) mas que se uniram para um único alvo: fazer música. Creio que essas parcerias são experiências só para ver como a coisa fica, somente pelo prazer do novo. Nesse caso o experimento ficou bom (para o meu gosto). Mesmo tendo os elementos minimalistas da new wave percebe-se que a música é muito bem estruturada sem ser "difícil", não exige tanta atenção quanto as músicas que o Fripp faz com o King Crimson. As músicas vão de um pop descarado ("Parade") até algo semelhante a um violão espanhol ("Maquillage"), um toque de exotismo da "world music" (tudo que não é musica inglesa ou americana é "world music"). A prensagem original é soberba, e a música como todas, é para ouvir. Para quem nunca ouviu aproveite a oportunidade pois estas experiências nos levam de onde estamos para onde poderemos estar. 

Lançado em Março de 1984 

Lado A

1) Parade

2) What kind of man reads Playboy

3) Begin the day

Lado B

1) Train

2) Bewitched

3) Tribe

4) Maquillage

5) Guide

6) Forgotten steps

7) Image and likeness 

Bewitched - Robert Fripp and Andy Summers

Published on Robert Fripp

Comment on this post