The First Day - David Sylvian & Robert Fripp

Published on by Wandique

Houveram outras "contribuições" do Fripp junto a muitos artistas e com o Sylvian foram três albuns. Este disco é um tanto provocante pois eu esperava algo que conhecia com o Fripp solo mas não é nada disso. Existe um caráter mais percussivo neste album, especialmente no "stick bass" do Trey Gunn (um dos discípulos do guitarrista) que contribui para uma atmosfera mais pontuada e menos, digamos assim, fluida. A guitarra sempre é criativa e instigante, como uma cobra se enrolando entre os outros instrumentos e a voz pastosa do Sylvian. Há momentos que eu gostaria que aquilo fosse King Crimson, o vocal de "Firepower" me lembra o Lake em "21st Century Squizoid Man". O Fripp já disse que sofreu influência do Hendrix. Fico pensando o que o JH teria dito ao ouvir essa guitarra. Em "Bringing down the light" reencontramos os "soundscapes" tão queridos pelos fans, afinal ninguém é de ferro. Foi uma delicadeza extrema por parte do Sylvian permitir essa composição no seu disco. Todo e qualquer trabalho em que o guitarrista põe a mão fica sempre uma pergunta no ar: quando será a próximo?

Lançado em Julho de 1993

Lado A

1) God's Monkey

2) Jean the Birdman

3) Brightness Fall

Lado B

1) Firepower

2) Bringing down the Light 

Lado C

1) 2oth Century Dreaming

Lado D

1) Darshan 

The First Day - David Sylvian & Robert Fripp

Published on David Sylvian, Robert Fripp

Comment on this post