Blues Breakers - John Mayall with Eric Clapton

Published on by Wandique

Todos os fans do Clapton que eu conheço chegaram neste disco depois de ter conhecido o Clapton no Cream ou pelos seus discos solo. Fan é assim mesmo, quer conhecer tudo o que puder do nosso guitar hero. John Mayall já era conhecido no meio do blues inglês no começo da década de 1960 e este foi o seu segundo disco. O Clapton havia deixado os Yardbirds  porque eles estavam rumando mais para o pop e deixando o blues de lado. Foi durante este período, tocando com John Mayall, que apareceu o pichação numa estação de metro em Islington no sul de Londres: "Clapton is God". Ele se sentiu desconfortável com isso e nunca aceitou esse slogan. Ouvir esse disco pela primeira vez foi um tanto frustrante. Eu estava acostumado a ouvir o Cream, o Layla ... esse album me pareceu muito primitivo. Algumas músicas desse disco ele tocou repetidas vezes em concertos mas com "aquela" guitarra que o identificamos, até hoje, como a guitarra do Clapton, a assinatura sonora dele. Mas ouvindo mais vezes (experimentem!) e com atenção identificamos o quão importante é esse disco pois ele traçou ali os caminhos de muitos outros guitarristas que se seguiram. Lembrem que o ano era 1966, este disco foi gravado em Março, em Setembro Jimi Hendrix estava desembarcando em Londres e os guitarristas se conheceram num concerto. O Clapton disse que "depois daquele concerto minha vida não foi mais a mesma". Definitivamente aquela era a hora (meridiano zero) e o lugar (Londres). Os Beatles haviam acabado de lançar o Revolver. Nada acontece por acaso.

Lançado em Junho de 1966

Lado A

1) All your love

2) Hideaway

3) Little Girl

4) Another Man

5) Double Crossing Time

6) What'd I say

Lado B

1) Key to love

2) Parchman Farm

3) Have you heard

4) Ramblin'on my mind

5) Steppin'out

6) I ain't right     

Blues Breakers - John Mayall with Eric Clapton

Published on John Mayall, Eric Clapton

Comment on this post