Autobahn - Kraftwerk

Published on by Wandique

O que tenho visto e ouvido sobre "música eletrônica" atualmente só é eletrônica mas não é música dentro daquilo que eu considero. Não é somente questão de gosto mas de conceito. O que no máximo existem são "colagens" que alguns fazem e, colagens podem ter seu apelo, mas não é música. Em diversos posts eu parafraseei o Guimarães Rosa dizendo que "música é o que o compositor diz que é". O compositor não o "colador". Sabemos que a geração de sons "eletrônicos" que foram usados para se construir o que no princípio da década de 50 se chamou de "música eletrônica" (Elektronische Musik) por Karlheinz Stockhausen. Enquanto isso acontecia em Koln (Alemanha), na Austrália dois engenheiros programaram o CSIRAC para executar algumas músicas dando início ao que se chamou de "computer music". Tudo isso era algo muito distante da mídia e do consumidor cliente da indústria fonográfica. Coube ao Kraftwerk trazer, de uma maneira mais digerível, esse tipo de música ao grande público. Conheci o "Autobahn" muito en passant na casa de uma amigo. Não consegui prestar atenção por muito tempo, aquilo me parecia algo incompleto, uma sugestão de música. Mas é aí exatamente que reside a verdadeira música do Kraftwerk: o resultado dessa sugestão. Assim como ler um livro é uma tarefa mais intelectual (e consequentemente aprazível) que assistir um filme (as imagens não deixam espaço para a imaginação), a música do Kraftwerk nos incita imaginar o entorno daquilo que eles, mínimalisticamente, nos apresentam. O caráter "computadoresco" (não "computacional" mas aquilo que o nosso imaginário nos diz ser uma música de computador) e a "robotização" do grupo, criando uma persona não humana (Die Mensch-Maschine) conretizam a experiência eletrônica do nosso imaginário. Digo "nosso" porque na década de 60 existia toda uma fantasia de como seria um futuro fruto de uma tecnologia avançada. O futuro era o século 21 e a "tecnologia avançada" incluia robôs e computadores. Então isso se realizava com o lançamento desse disco a quem muitos DJs devem e nem sabem.

Lançado em Novembro de 1974

Lado A

1) Autobahn

Lado B

1) Kometenmelodie 1

2) Kometenmelodie 2

3) Mitternacht

4) Morgenspaziergang

P.S.: mais uma vez, "Autobahn" é o quarto disco do Kraftwerk mas é o primeiro a ser compreendido/aceito pelo consumidor.

Autobahn - Kraftwerk

Published on Kraftwerk, UNICO

Comment on this post