Into the Purple Valley - Ry Cooder

Published on by Wandique

Eu já havia visto esse nome em vários discos, especialmente dos Stones (o "Let it bleed" por exemplo) mas o que mais me chamou a atenção foi a sua participação na trilha sonora do filme "Paris Texas" do Wim Wenders. "Into the Purple Valley" é o segundo disco solo do guitarrista onde encontramos uma profusão de estilos e guitarras,violões e bandolins. Se você quer saber como realmente é a música "nativa" (se assim pode-se dizer) americana, compre esse disco. Não espere country-western ou bluegrass, a música está mais para aquilo que o Woody Guthrie fazia, cantando as agruras da década de trinta, durante a depressão e as tempestades de areia  no interior de Oklahoma e a aventura dos Okies pela Rota 66, descritos cruamente por Steinbeck no seu livro "As vinhas da ira". Aparentemente as músicas não têm relação entre si mas como é um apanhado cultural de uma época podemos ver e ouvir o album como uma exposição do que era (e talvez ainda seja) a música do "homem do campo" americano. Não é muito difícil imaginar um deles sentado numa cerca com um capim na boca ou uma roda de violeiros em volta de uma fogueira. Talvez sejam esses mesmos estereótipos que os faz pensar que aqui em Pindorama as ruas das cidades estão tomadas por araras e macacos que se balançam nos galhos ao som de um interminável carnaval.

Lançado em Janeiro de 1972

Lado A

1) How can you keep moving (unless you migrate too)

2) Billy the Kid

3) Money Honey

4) FDR in Trinidad

5) Teardrops will fall

6) Denomination Blues

Lado B

1) On a Monday

2) Hey Porter

3) Great Dream from Heaven

4) Taxes on the farmer fedd us all

5) Vigilante Man

Into the Purple Valley - Ry Cooder

Published on Ry Cooder, UNICO

Comment on this post