YES - Morphine

Published on by Wandique

Existem grupos que não são tão conhecidos mas mesmo assim têm sua legião de fans mundo afora. O Morphine é um deles. Já contei aqui como os conheci e este album vim a ouvir mais tarde. Não sei a motivação do nome do grupo (apesar da "explicação" óbvia no album "Cure for Pain"). Quem me conhece melhor sabe que não gosto de jazz (ou pelo menos o que dizem ser o jazz "tradicional") e associo o sax com esse tipo de música. Mas o Morphine me cativou por usar esse instrumento num timbre que julgo ser mais adequado, o sax barítono que substitui a guitarra no grupo. Aqui o sax faz um papel que é complementar ao todo, não é mais importante que o baixo (o deles é de duas cordas), a bateria ou o vocal, muito diferente de ser um instrumento usado para mostrar a virtuosidade de improvisar que me parece ser algo de quem não sabe compor. A música deste disco é muitas vezes furiosa, outras vezes mais contida sem ser meditativa. Existem críticos que quando acham que um disco é mediano dizem que é "honesto". Já discuti isso aqui em outro post mas sempre vale a pena dizer que só existem dois tipos de música (que não têm nada a ver com gosto pessoal): a boa e a ruim. Essa é boa. Trust me.

Lançado em Março de 1995

Lado A

1) Honey White

2) Scratch

3) Whisper

4) Yes

5) All your way

Lado B

1) Super Sex

2) I had my chance

3) The Jury

4) Sharks

5) Free Love

6) Gone for Good

YES - Morphine

Published on Morphine

Comment on this post