In The Court of Crimson King (An Observation by King Crimson) - Segunda opinião ...

Published on by Wandique

"This is The Best Band in the World!" Jimi Hendrix

 

Não sei ao certo pois muitos fatos se misturam entre lembranças e fantasias que criamos para preencher as lacunas do continuum espaço/tempo do nosso querido titio Albert. E como esses preenchimentos quase sempre dizem respeito às emoções (pelo menos para mim) o King Crimson ocupa um lugar especial no meu coração e na minha mente. A primeira lembrança que tenho desse album (ITCOCK) foi em 1970 na casa de um amigo. Achei a capa super agressiva, foi a primeira capa que mexeu com minhas emoções. Será que aqueles que ouviram o disco ficaram daquele jeito? Pedi para ouvir e aquilo me pareceu  um tanto incompreensível, era muita informação para meus 13 anos. Por enquanto foi isso. Os anos passaram e três anos depois me deparei com o "Islands" mas aí eu estava mais "preparado" para o KC. É preciso de alguma maturidade para ouvir o KC. Pelas palavras do Fripp este album e o KC vieram de lugar algum. Na música e nas artes sempre existiram pontos de ruptura para que houvesse uma expressão mais precisa do momento histórico, seja para descrevê-lo seja para apontar outra direção. Até então (estamos em Janeiro de 1969) o rock havia estabelecido claramente suas influências e desdobramentos em termos de sua forma (blues, country-western e o escambau). Já acontecera algumas experiências "sinfônicas" com rock (com bons resultados) mas o que o KC nos trouxe foi "outra coisa", apontou para outra direção. É de consenso que este foi o primeiro disco de rock progressivo. Após minha experiência com o "Islands" (e as mudanças que isso causou em minha vida) me voltei aos discos anteriores do KC começando óbviamente pelo primeiro. Para mim ouvir esse disco é como mergulhar num recife de coral, maravilhar-se com tudo aquilo e descobrir que, um pouco mais adiante, um pouco mais fundo, está Atlântida e majestosamente sentado no trono, King Crimson.

Lançado em Dezembro de 1969

Lado A

1) 21 st Century Squizoid Man (including "Mirrors")

2) I talk to the wind

3) Epitaph (including "March for no reason" and "Tomorrow and Tomorrow")

Lado B

1) Moonchild (including "The Dream" and "The Illusion")

2) The Cort of the Crimson King (including "The Return of the Fire Witch" and "The Dance of the Puppets")

In The Court of Crimson King (An Observation by King Crimson) - Segunda opinião ...

Published on King Crimson

Comment on this post