Trilogy - Emerson, Lake & Palmer

Published on by Wandique

Welcome back my friends to the show that never ends ...

 

É impossível se falar do ELP sem citar o NICE. O ELP foi a consequência óbvia dadas as "limitações" do Nice. A idéia de revestir músicas eruditas com elementos do rock foi algo que o Keith Emerson sempre buscou mas os músicos nem sempre estavam "maduros" o suficiente para tal empreitada. Ao encontrar Greg Lake (baixo, violão) e Carl Palmer (bateria) o resultado foi muito superior. Conheci o ELP através do album "Pictures at an exhibition" que, mesmo para a época, era um tour de force para se ouvir. Decididamente minha geração era mais contemplativa ... O Trilogy era terceiro LP deles e, pela primeira vez víamos (aqui em Pindorama) como eles se pareciam. É preciso entender que naqueles dias não havia internet e o nosso país estava, de certa forma, isolado do mundo mais civilizado e os primeiros albuns do ELP não traziam fotos. Muitos anos depois assisti um concerto deles mas o Lake já estava mais "gordinho" ...

Como todos os discos de rock progressivo o Trilogy trazia músicas longas, daquelas que não se tocavam no rádio (pelo menos durante o dia) com a exceção de "From the beginning" que até fez algum sucesso radiofônico. Muito piano e sintetizadores mais uma  re-leitura de Hoedown (da peça Rodeo) do compositor americano Aaron Copland (que eles voltariam a gravar no album "Works" com a "Fanfare for a common man") e uma homenagem à Ravel com o "Abaddon's Bolero". Lembro que "The sheriff" foi utilizado  numa propaganda da "Campanha da Fraternidade" ...  Como sempre existiram detratores autointitulados "críticos de música" só faltaram xingar a mãe do Keith Emerson pela "enganação marketeira"do disco. Como disse o nosso ex-presidente: "O tempo é o senhor da razão".

Lançamento: Julho de 1972

Lado 1

1) The endless enigma, part 1

2) Fugue

3) The endless enigma, part 2

3) From the beginning

4) The Sheriff

5) Hoedown

Lado 2

1) Trilogy

2) Livinf sin

3) Abaddon's bolero

 

Trilogy - Emerson, Lake & Palmer

Published on Emerson Lake & Palmer

Comment on this post

Igor Maxwel 05/08/2016 20:11

Tarkus e Trilogy são os melhores discos do ELP, e ouví-los em sequência é um puro deleite!
RIP Keith Emerson!

Edson 06/10/2014 19:49

Acho que não consigo mais escutar ELP, tirando o primeiro disco, que eu acho o melhor de todos.
O ELP é a banda mais lembrada quando se fala na grandiloquência e ostentação do progressivo, afinal o Works foi um álbum de excessos que resultou no fim da banda.
Realmente uma pena, pois era um trio da maior competência sendo o Greg lake é uma das maiores vozes que passaram pelo rock.
Pena mesmo foi não terem se tornado o HELP.