Highway 61 Revisited - Bob Dylan

Published on by Wandique

I'll let you be in my dreams if I can be in yours”.

 

O que se pode dizer de Bob Dylan ? Creio que todos (quando digo todos estou me referindo à minha geração os "baby boomers" tardios os "Jones") conheceu o bardo através de “Blowing the wind”. Aquele música é tão boa que não se percebe a limitação da voz dele ... Isso é algo engraçado pois conheço muita gente que, movidos pela fama do Dylan, ao o ouvirem pela primeira vez torceram o nariz (ou os ouvidos): mas esse é que é o Bob Dylan? É esse. Mesmo tendo um certo domínio da lingua inglesa pode haver uma certa dificuldade em entender o que ele canta e muita dificuldade em algumas letras dado o quase dialeto hillbilly. Mas é um sacrilégio chamar a poesia dylanesca de "letra". É um dos compositores mais gravados em todo o mundo, o Caetano gravou "Jokerman", Jimi Hendrix gravou "All along the watch tower" numa versão de tirar o fôlego só para dar alguns exemplos.

Enfim, o ano é 1965 e os fans dele estão irados pela traição dele ter trocado o violão pela guitarra elétrica. Naqueles dias ele já havia ultrapassado os rótulos e era simples e totalmente Bob Dylan. Em (quase) todos os lugares havia música folk, bluegrass, country (por favor “cântri” não “cáuntri”), mas a música de Bob Dylan era só dele. Talvez essa ira fosse causada por ciúmes, afinal “ele” se entregou para o mundo, deixou de ser exclusivo. Existe um viés (esse termo está na moda) político nessa fúria ciumenta : como ousam gostar da música dele?  Afinal ele era a voz dos fracos e oprimidos, a voz da (pseudo) intelectualidade universitaria, os herdeiros da cultura cool dos beatnicks ? Alguém poderia pensar que ele se tornara um cínico, vendido para o estabilishment. 

Na capa do disco ele está usando uma camiseta da marca da moto (Triumph) com a qual, exatos 12 meses depois, sofreria um acidente que o afastou dos palcos por 8 anos. Talvez por isso ele empreendeu a "Turnê Interminável", mas isso foi em 88. O olhar da foto da capa me parece um “eu não te disse?” ele está pensando em “Like a rolling stone”  ou na “Ballad of a thin man” ? O artista só tem compromisso com a obra, doa a quem doer. É dificil saber se a música nos aconselha, dita, aponta, expõe ou simplesmente nos mostra a vida como ela é,

 Mas algo está acontecendo aqui e vocé não sabe o que é ... 

Ou sabe Mr. Jones ?

***

Lançado em Agosto de 1965

Lado 1

1. Like a Rolling Stone

2. Tombstone Blues

3. It takes a lot to laugh, it takes a train to cry

4. From a Buick 6

5. Ballad of a thin man

 

Lado 2

1. Queen Jane approximately

2. Highway 61 revisited

3. Just like Tom Thumb's blues

4. Desolation row

Published on Bob Dylan

Comment on this post